Yahoo Search Búsqueda en la Web

  1. Cerca de 14.000 resultados de búsqueda
  1. y su tío el príncipe Raniero de Borbón-Dos Sicilias. Le fueron impuestos los nombres de María de la Esperanza, Amelia, Raniera, María del Rocío y Luisa Gonzaga. 5 6 Su hermana era María de las Mercedes, Condesa de Barcelona y madre del rey Juan Carlos I de España .

  2. maria da esperança de bourbon (em castelhano: maria de la esperanza amália raniera maría del rocío luiza gonzaga de borbón y orléans; madrid, 14 de junho de 1914 — villamanrique de la condesa, 8 de agosto de 2005 ), foi uma infanta da espanha, terceira filha do príncipe carlos, infante da espanha, capitão-geral da província de andaluzia, e de sua …

  3. Maria da Esperança de Bourbon , foi uma Infanta da Espanha, terceira filha do príncipe Carlos, Infante da Espanha, capitão-geral da província de Andaluzia, e de sua esposa, a princesa Luísa de Orléans.[1]

  4. Páginas para editores conectados saiba mais. Maria da Esperança de Bourbon (em castelhano: Maria de la Esperanza Amália Raniera María del Rocío Luiza Gonzaga de Borbón y Orléans; Madrid, 14 de junho de 1914 — Villamanrique de la Condesa, 8 de agosto de 2005), foi uma Infanta da Espanha, terceira filha do príncipe Carlos, Infante da Espanha, capitão-geral da província de Andaluzia ...

    • Biografia
    • Casamento
    • Descendência
    • Ligações Externas

    Infância e juventude

    Maria da Esperança foi a terceira filha do Infante Carlos da Espanha, e de sua segunda esposa, a princesa Luísa de Orléans. Neta paterna do príncipe Afonso das Duas Sicílias, Conde de Caserta e chefe da Casa Real das Duas Sicílias, e da princesa Maria Antonieta das Duas Sicílias. Por parte de mãe, ela era neta do príncipe Filipe d'Orléans, Conde de Paris e chefe da Casa Real da França, e da princesa Maria Isabel d'Orléans.[2] Foi baptizada a 21 de Junho de 1914 no Palácio Real de Madrid, tend...

    Em 18 de dezembro de 1944, casou-se na Catedral de Sevilha com seu primo, Pedro Gastão de Orléans e Bragança, neto da princesa imperial do Brasil, Isabel de Bragança, e do príncipe imperial consorte Gastão de Orléans, Conde d'Eu, e bisneto do último imperador do Brasil, Pedro II. O casamento reuniu uma diversas autoridades sevilhanas e nobres desce...

    Maria da Esperança e o seu marido, Pedro Gastão de Orléans e Bragança, tiveram seis filhos:[5] 1. Pedro Carlos de Orléans e Bragança (31 de outubro de 1945 (76 anos)), casou-se por três vezes, a primeira em 1975, com Rony Kuhn da Suza. Viúvo, casou-se em segundo, em 1981, com Patricia Alexandra Brascombe. Viúvo, casou-se em terceiro, em 2021, com P...

  5. Páginas para editores conectados saiba mais. Maria da Esperança Amália Raniera Maria do Rocio Luiza Gonzaga de Bourbon-Duas Sicílias e Orléans (em castelhano: Maria de la Esperanza Amália Raniera María del Rocío Luiza Gonzaga de Borbón-Dos Sicilias y Orléans; Madrid, 14 de junho de 1914 — Villamanrique de la Condesa, 8 de agosto de 2005), princesa das Duas Sicílias. [1]

  6. María de la Esperanza de Borbón y Orleans (en français María de la Esperanza (ou Espérance) de Bourbon - en portugais Maria da Esperança de Bourbon e Orléans ), née le 14 juin 1914 à Madrid et morte le 8 août 2005 à Villamanrique de la Condesa en Espagne, est une princesse de la maison de Bourbon . Sommaire 1 Biographie 2 Titulature et décorations